Tempo de Subversão, Carlos Brito

O branqueamento de Salazar e da ditadura fascista que estavam a ganhar força, por altura de 1998, ditaram a necessidade de escrever este Tempo de Subversão. O sentido desse alerta lançado então à opinião democrática continua hoje, volvidos doze anos, perfeitamente vivo.

É desta forma que Carlos Brito, no seu prefácio, nos dá a conhecer as razões da edição deste livro.

ler mais aqui
Anúncios
Esta entrada foi publicada em Livros, PNet Literatura com as etiquetas . ligação permanente.

2 respostas a Tempo de Subversão, Carlos Brito

  1. carlos diz:

    Se democraticamente ainda me for permitido, e sem querer ofender:
    Os tempos libertinos de universidade,aos quais foram submetidos meninos desprotegidos e inucentes a experiências alucinantes tais, que ainda hoje se perguntam como definir fronteiras entre a realidade e um mundo onírico semi-consciente, não devia de ser razão permissível para se editar opiniões!
    Isso torna a preciosidade democrática, num plano hostil e questionável!
    Esses espaços já foram muito bem preenchidos à uns bons anos por nomes como Camilo Pessanha!

  2. Mar Aravel diz:

    A lucidez militante

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s