As Mulheres do Fonte Nova, de Alice brito

Neste livro existe um personagem da dimensão de uma cidade, sendo ele próprio essa cidade. Uma cidade montada na garupa da miséria, alcoviteira e má mãe. Não se lhe conhece a culpa, apenas sabemos estar contaminada de gente. A mão segura da PIDE conhece os que não são “da situação”, já lhes sentiu a pele.

Espanta-se de gente esta cidade.

Ler a versão integral no PNet
Anúncios
Esta entrada foi publicada em PNet Literatura com as etiquetas . ligação permanente.

2 respostas a As Mulheres do Fonte Nova, de Alice brito

  1. Mar aravel diz:

    Perante uma europa invertebrada
    ainda há colunas que resistem

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s