Luís Carmelo – Ciclo de Encontros com Escritores

carmelo_eciLuís Carmelo foi o autor convidado do Ciclo de Encontros com Escritores: “Este livro que escrevi”, promovido pelo Âmbito Cultural do El Corte Inglés.

O livro Por Mão Própria era o suposto protagonista do encontro, mas o autor falou-nos da sua trilogia Sísifo (de que esta obra é o segundo volume), e do seu processo criativo de escrita. Os seus fractagrafos, que aplicada às estruturas é a ciência que estuda as fissuras e a sua forma de propagação, surgem aqui como unidades semânticas destruturantes do processo de leitura (pelo menos para quem, já tendo lido os dois primeiros volumes da trilogia, só agora tomou consciência da sua existência).

Continuar a ler

Publicado em Eventos | Etiquetas | Publicar um comentário

Três Mares – apresentação

jlo-3-mares-apresDe que margens se despede este mar?

Este é um livro marcado por uma visão aberta ao mundo, esse imenso mar perturbado por contornos nublosos, agitado pelo sofrimento humano que rouba cores à escrita. Uma imensa vontade em desmontar o circo do poder e denunciar as matemáticas que subtraem humanidades à nossa consciência coletiva.

A apresentação teve lugar na galeria Verney em Oeiras, no passado dia 24. Na foto da esquerda para a direita, o editor Carlos Lopes, o autor José Luís Outono, António Ganhão e o poeta/declamador Arthur Santos (a foto é de Maria Martins).

Leia aqui a minha recensão.

Publicado em Eventos | Etiquetas | Publicar um comentário

A Sebenta do Tempo

berted_sebentaA minha leitura do livro A Sebenta do Tempo, de Mário Augusto, em destaque na página da Bertrand Editora.

O texto no Acrítico.

Publicado em Livros | Etiquetas | Publicar um comentário

Teatro Aberto – Constelações

constelacoes_2Num universo em que tudo tende para a simetria, o tempo corre de forma assimétrica, do passado para o futuro. E se existisse um universo paralelo ao nosso? Em que o vetor do tempo fosse simétrico e apontasse do futuro para o passado? Esses dois universos cruzam-se nas nossas vidas no único momento em que coincidem: o do nosso nascimento e o da nossa morte. O fim de todo o tempo, o instante em que, nas nossas vidas, os dois vetores se anulam.
Vivemos ou ensaiamos diversas possibilidades num permanente jogo de simetrias?

Continuar a ler

Publicado em apontamento, Uncategorized | Publicar um comentário

Apresentação – A Gripe e o Naufrágio

gripe_naufragioNo Museu Nacional da Farmácia decorreu ontem a apresentação da obra de Gonçalo Pereira Rosa, a cargo do jornalista António Granado.

Este livro é uma excelente contribuição para se perceber os modelos de cobertura jornalística adotados pelos media em situações de risco social, ambiental ou de saúde pública. Acrítico, leituras dispersas.

Publicado em Eventos | Etiquetas | Publicar um comentário

Acrítico ~ leituras dispersas

pormaopropriabitly

As entradas com origem nas redes sociais e que não correspondem aos seguidores do blog Acrítico, leituras dispersas (estes são avisados a cada nova publicação), são na sua maioria do Facebook. O Twitter pouco ou nada acrescenta.

Neste caso a recensão de Por Mão Própria de Luís Carmelo.

Publicado em Livros | Etiquetas | Publicar um comentário

Dia do Livro com João Pedro Ricardo e José Nobre na CULSETE

JRP_mesa03No dia do livro e dos direitos de autor, a Culsete recebeu, em Setúbal, o autor João Ricardo Pedro. Eu e o ator José Nobre animámos a sessão. Um Postal de Detroit, o mais recente romance deste autor, serviu de mote para uma animada conversa sobre literatura.

A foto é de Mariana Dias. (Na foto, da esquerda para a direita: eu, João Ricardo Pedro e José Nobre.)

A minha recensão aqui.

Publicado em Eventos | Etiquetas , | Publicar um comentário